sábado, abril 09, 2011

O POEMA DA MENTE

Há um primeiro-ministro que mente.

Mente de corpo e alma, completamente.

E mente de maneira tão pungente

Que a gente acha que ele mente sinceramente.

Mas que mente, sobretudo,

impunemente...

Indecentemente... mente.

E mente tão racionalmente,

Que acha que mentindo vida fora,

Nos vai enganar eternamente.

5 comentários:

SOL da Esteva disse...

A avaliar pelo seu discurso de ontem á noite, ainda vai "levar" muita gente com a sua mente que mente.
Acredite quem quiser!

Beijo
SOL

Paixão Lima disse...

«A mentira apenas é um vício quando faz mal ; é uma grande virtude quando faz bem».
VOLTAIRE.
Todos nós mentimos quando não dizemos a verdade.
Um beijo.

Green Knight disse...

A mentira é fácil,a verdade é difícil.
Somos gente de boa fé.Gostamos de pagar mentiras.
Até quando?
Bjs
jrom

ALSIBAR disse...

Olá visitei seu blog e gostei muito, muito mesmo! Também tenho um, agradeço a honra de sua visita!

Alsibar

http://alsibar.blogspot.com

Dad disse...

Alsibar,
Obrigada pela sua visita.
Entrei no seu Blog e tentei encontrar maneira de deixar um comentário ali , mas não vi como.
Paciência...
Um abraço,