quinta-feira, fevereiro 17, 2011

OS NOSSOS TEMPOS...


A avó diz à neta:
-Eu, com a tua idade já trabalhava.
A neta responde:
-Eu, com a tua idade ainda vou estar a trabalhar...

4 comentários:

SOL disse...

DAD

Ainda assim se coloca a dúvida de a neta haver conseguido ter tido um qualquer trabalho ou emprego ao longo da sua vida.
Nunca se sabe!...

Beijo
SOL

Green Knight disse...

Somos como somos!Um muro de lamentações.
Faz-me recordar aquela grande musiquinha do Chico Buarque.
A banda continua a passar!
Nós vamos vendo.
Um beijinho Dad.

Laura disse...

Olá Dadinha!

Mudam-se os tempos
mudam-se as vontades...

A vida de hoje seria mais feliz se tivéssemos todos trabalho como antes, pão que fazíamos em casa, gado, para nos alimentarmos, leite,queijo, manteigas e ovos, frutas, verduras tudo nos quintais, hoje, abandona-se tudo isso em troca de vaidades e confortos...falsos confortos...
Se pudesse iria para uma aldeia simpática, morar numa casinha, e prescindir das grandes superfícies, na lojinha da esquina há tudo o necessário para o dia a dia, enfim... As pessoas na vaidade e no querer mais e mais, abandonaram uma das sociedades mais belas do mundo, viver em pequenas aldeias, onde todos se respeitavam, nunca lá entrou um tribunal (nas aldeias) a não ser por umas ou outras questões que existem em todo o lado, mas continuo a pensar que é o viver mais genuíno que conheço, e tudo isso porque tenho saudade dos meus avós e da casa deles que está fechada, a minha tia encontra-se aqui perto, já velhota e...ficará tudo ao abandona, uma casa de 1607.

É tão bom contemplar o céu pejado de estrelas quando se vive no campo com pouca luz na rua, sentar na lareira de Inverno, ter dias de verão para andar pelos campos a vaguear, minha nossa, que saudade.

beijinhos querida Dadinha.

laura

Bom, a treta era sobre a avó e a neta, claro que a avó começou a trabalhar mal começou a andar e só param quando morrem, e a neta hoje não trabalha porque quer estar na cidade...formada sem fazer nada! arrisquem ! Aceitam milhares de alunos para serem de tudo e no fim? não há onde trabalhar, ainda temos muita terra para cavar, e compramos tudo lá fora, estamos mal organizados né Dadinha?

Laura disse...

Sol; já percebi como ir ao teu blogue, já que com essa de Santos Oliveira não entendia nada, já vi que és o mesmo, ou seja, o Sol...

beijinho

laura