quarta-feira, outubro 13, 2010

Uma boa forma de fazer compreender a ópera! Oiçam!

Este foi um acontecimento inesperado, em Pamplona,
quando a Companhia de Ópera da cidade resolveu
entrar neste Café e começar a cantar das mais belas e
conhecidas áreas de ópera.
O publico começou por olhá-los com estupefacção,
mas por fim descontraiu e começou também a cantar.
É interessante ver como um espectáculo que começou por ser
popular e se tornou elitista, quando acontece fora
das grandes áreas nobres do teatro ou do canto,
as pessoas aderem de imediato e com entusiasmo!
Era bom que fizessem o mesmo em Portugal, pois
talvez isso fosse um bom exercício de socialização!

Bons cantos que eu cá vou indo com os meus dois Coros!
Beijinhos a todos,
Dad

5 comentários:

Paixão Lima disse...

António Silva, o genial actor, dizia com muita graça que a ópera era para os operários. Em Pamplona, pelos vistos, não há só o espectáculo selvagem dos touros de S.Firmino. E ainda bem!
A DAD tem muito do cigarra mas mais de formiguinha.
Um beijo.

Kim disse...

Dad
Esta experiência já foi feita em vários locais públicos. A mais recente que vi tinha sido na Estação Central de Bruxelas.
Já que a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha.
É de louvar!
Um beijinho para ti amiguinha

Santos Oliveira disse...

Não sendo uma manifestação inédita, é sempre bom aplaudir as novas formas de promover a Arte.

Mas, já houve aqui em Portugal (Janeiro, no Aeroporto de Lisboa) uma demonstração do êxito destas iniciativas. Bem. Não era tão só Musica Clássica, mas...
Neste caso não era tão inocente o ser promocional, mas ficou o mote a dar a entrada a outras iniciativas que, pelo seu êxito, devem ser desenvolvidas e aproveitadas.

Beijos
Santos Oliveira

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Olá Dadinha,

Como gostava eu de participar numa surpresa desta !
Boas cantorias, eu também vou para as minhas... No sábado, é na Parede...
Beijinhos
Verdinha

Laura disse...

E eu adorava ver as meninas a cantar em qualquer lugar, mas porque vive o meu povo tão longe?

Por vezes é apenas falta de falarem nesse assunto, Há Entidades que podem organizar e eu adoria logo se visse algo assim, menos cantar, mas com o Gt canto para dentro mas canto...
Um beijinho da laura