sexta-feira, maio 14, 2010

Morreste mas tens que cá vir!

(Clique em cima da imagem para conseguir ler bem...)
Bom esta, aparentemente, passou-se na minha terra...
Coitado do morto ainda deu um salto na cova...

1 comentário:

Je Vois la Vie en Vert disse...

O meu marido também teve um caso parecido quando , querendo pagar o imposto predial duma quintinha do que tinha herdado do pai, não podia porque mandavam sempre o documento em nome do meu falecido sogro e na morada onde já não morava, claro.
Foi complicado resolver este problema. Foi preciso recorrer a um carta escrita por uma advogada que, por acaso, era também herdeira visto ser a irmã do meu marido e mais outras diligências in loco !
Esta burocracia !

beijinhos, minha amiga

Verdinha