sexta-feira, agosto 25, 2006

...

Dantes era o tempo das cerejas…
tu beijavas-me...
e os teus lábios,
sabiam às cerejas
do meu jardim de ilusões...

Frutos imaturos,
de um vermelho esverdeado ainda,
sabiam às esperanças sem limites,
de um amor que jamais se extinguiria,
porque de eterno se julgava revestido…

Cedo foi o tempo de compreender
que afinal nada é perene,
que afinal as nossas cabeças,
povoadas de ilusões,
esperam o infinito onde só existe finito…

Depressa passam os anos…
depressa perdemos a alegria inicial
de acreditar profundamente
nos sentimentos que
muitas vezes enganam a mente...

Doce é a Ilusão…
Doce é a Magia…
...
Assim a Vida passa,
e , apesar disso,
não estamos de mãos enlaçadas!!!

23 comentários:

cantor disse...

Pois é! Como a compreendo...

Cheguei de férias e vim dar uma espreitadela por aqui e gostei.

Um abraço,

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

A ausencia no presente...
Passei por aqui e aproveito a oportunidade para desejar um bom fim de semana.
Beijos

Rafa disse...

Todos los años florecen los cerezos.

VIAJANTE DO MAR disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
VIAJANTE DO MAR disse...

Por mais anos que passem, nunca podemos perder a alegria... esta, é um sopro divino.

augustoM disse...

Para tal não acontecer, esquece o tempo que é a ilusão da vida, fica no intemporal que ele será o que tu quiseres.
Um beijo. Augusto

woman's secret disse...

deixo um beijo ao sabor do vento

pedro disse...

«A tua boca sabe a chicla de mentol e eu gosto dela assim». E assim deve continuar.

Bj gd,,

p

pedro disse...

Hoje (30 de Agosto) é dia de festa! Muitos parabéns Dadinha e um grande beijinho e abraço :-)

p

filho disse...

lindos. tanto a pintura quanto o texto.
bjs

Paula Raposo disse...

Gostei muito deste poema! Tão doce. Beijos, bom fim de semana.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Deixo um beijo e votos de bom fim de semana.

Cakau disse...

Não gosto de pensar que a vida passa e que as coisas boas que outrora sentimos, deixem de existir ou de fazer sentido. Quero acreditar que conseguimos preservar tudo e sentir coisas tão intensas como as sentimos na juventude.

Gostei de te ler.
Beijinhos *

dragão yuri disse...

A ilustração e o texto em complementaridade perfeita. Naquela não se "vê"; neste "descobre-se" tudo.Qual a escolha ideal? Fiquemos pela ilusão adocicada com magia.
Gostei.Umm beijo.

A Rapariga disse...

Depressa passam os anos…
Doce é a Ilusão…
Doce é a Magia…
True!
Beijinhos

Menina do Rio disse...

Dantes era o tempo das cerejas…
tu beijavas-me...
e os teus lábios,
sabiam às cerejas
do meu jardim de ilusões...

Que dizer...
Lindo! lindo!

Beijos

ZéZé disse...

Gostei muito.Perfeito, imagem e poema. Desilusões? muitas, muitas............., nem quero pensar nelas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

beijinho e tudo bom dentro daquilo que ainda é possivel. Zézé

Passaro Azul disse...

Parabéns!
Parabéns por mais um ano de vida, plena de sonhos, de sorrisos de tanta arte,tanta sensibilidade.
"Doce é a Ilusão...
Doce é a Magia..."
Doce continua a ser a vida quando vivida em plenitune e partilha.
Magnifico poema que me fez parar um pouco o meu vôo, mas recomeçar ainda com mais intensidade.
O meu abraço carinhoso e, até breve AMIGA.

Adryka disse...

Está lindo, é sempre bom festejar os amigos. Beijos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Estou sem ânimo... talvez cansada...
Hoje serei breve direi apenas BOM FIM DE SEMANA
Beijos

Luna disse...

O teu poema esta lindo, mas o tempo não existe assim passa sem passar
beijos

su@vissima disse...

A cerejeira renova as flores e o fruto todos oa anos:)

Continua lindo este teu cantinho!

Obrigada.

Beijinho

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,